Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nota Dissonante

Se a vida te der limões faz uma limonada.

Nota Dissonante

Se a vida te der limões faz uma limonada.

12/07/18

O Dia Em Que Quase Fui Lapidada

Em 1998 fui trabalhar para a Musgueira que, para quem não sabe, era um dos piores bairros da capital. Era um bairro de barracas, daquelas mesmo de lata e algumas casas de cimento. Entretanto, demoliram tudo isso e construiram bairros sociais, onde realojaram os moradores, e mudaram-lhe o nome para Alta de Lisboa.

Escolhi ir para lá trabalhar porque ficava perto da casa dos meus pais, no Lumiar.

Todos os dias eu apanhava o autocarro para a Musgueira, que ficava a duas paragens de distância. Para minha surpresa, muita gente apanhava aquele autocarro que ia cheio.

Certa vez, o motorista não deixou entrar dois toxicodependentes que queriam viajar sem pagar bilhete. Eu ia sentada num lugar perto da janela, e vi um dos drogados à procura de uma pedra. Logo por azar, havia várias pedras do passeio soltas. Levar com uma pedra da calçada não deve ser agradável, mas havia outras maiores, daquelas que contornam as árvores, também soltas. Vi o drogado pegar numa dessas e entrei em pânico. Não vi mais nada porque cobri a cabeça com a mala. Era a única coisa que eu podia fazer ! Infelizmente, estava calor e eu estava de manga curta, sem casaco que me podesse proteger dos milhares de vidros minúsculos, assim que o meliante atirasse o pedregulho.

Quando passamos por uma situação desagradável, como esta, o tempo não flui da mesma maneira. Parece que não passa. Para piorar a situação, o semáforo estava vermelho e o autocarro ficou ali preso.

Ouvi o ruído da pedra a bater em alguém que protestou contra o motorista. O que aconteceu foi que o drogado não teve força para pegar numa das pedras maiores, pegou numa mais pequena e atirou-a pela porta traseira que estava aberta. Só acertou numa pessoa.

No meu entender, o motorista agiu corretamente porque ninguém tem o direito de viajar de borla. Quanto ao drogado, foi tão burro que não percebeu que se tivesse atirado a pedra aos vidros causava mais estragos. Sorte a minha !

IMG_20180708_141810_4CS.jpg

publicado às 09:52

20 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.