Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nota Dissonante

Se a vida te der limões faz uma limonada.

Nota Dissonante

Se a vida te der limões faz uma limonada.

12/02/19

O Sistema das Farmácias

Este post está relacionado com o de ontem, aquele que falava do sistema self-service no comércio a retalho.

As farmácias não têm esse sistema, e é desagradável ter de esperar enquanto o farmacêutico vai buscar o medicamento A, B, C, D... e ainda pergunta se temos ficha na farmácia, se queremos fatura com contribuinte e que número calçamos.

A última vez que fui à farmácia refilei. Disse que não era culpa do farmacêutico mas que era chato estar ali de pé à espera que fossem buscar os medicamentos, que demora muito tempo, etc. Pelo ar surpreendido do tipo conclui que mais ninguém refila, só eu.

Olhei para os outros clientes e percebi. São pessoas de idade que não têm mais nada para fazer, e até ficam felizes por estar um bocado na palheta com os farmacêuticos.

Sei que os medicamentos não são inofensivos como o arroz, o pão, a fruta, mas é suposto não se sair da farmácia sem pagar, por isso acho que podia haver o sistema self-service dos supermercados.

IMG_20190210_164917_1CS.jpg  

publicado às 08:33
11/02/19

Os Modernos Supermercados

Piggly Wiggly.png

Clarence Saunders, nascido na Virgínia, nos Estados Unidos, em 1881, trabalhava numa mercearia.

Naquela época, os clientes faziam fila e entregavam ao merceeiro a lista do que pretendiam. Quem ia buscar os artigos era o merceeiro o que fazia com que os clientes perdessem horas nas compras de artigos essenciais.

Percebendo que não era um sistema prático, Saunders inventou o sistema self-service que ainda hoje usamos, e em 1916 abriu o seu primeiro supermercado chamado Piggly Wiggly sendo de imediato um sucesso.

publicado às 08:29
08/02/19

Os Assuntos da Atualidade

Leonor Cipriano.jpg

Leonor Cipriano

Ontem, saiu em liberdade e nega ter assassinado a filha.

Espero que não resolva fazer mais filhos, com mais um homem diferente, mas vindo de uma "mãe" que mandava a filha de madrugada a uma fábrica comprar bolos, a enchia de pancada, e a matou, já nada me surpreende.

 

O Pai que matou a filha no Seixal

Nitidamente odiava mulheres porque matou a ex. sogra e a filha para atingir a ex. mulher. O sogro não foi contemplado.

A única coisa positiva que fez foi suicidar-se.

Acho estranho como é que a mulher foi na conversa de fazer filhos com ele, um porteiro de discoteca. Certamente, haverá boas pessoas que trabalham como porteiro de discoteca, mas geralmente são gajos com muitos músculos e pouco conteúdo. Tudo o que ele fez vem provar esta minha impressão.

 

Luís Grilo

Já repararam na expressão triste da cadelinha da família ? O dono morreu, a dona está presa e ela só sabe que deixou de os ver. Não entende o porquê.

publicado às 08:22
07/02/19

O Rapaz que Seguiu o Pai para Auschwits

O Rapaz que Seguiu i Pai.jpg

A inspiradora luta de um pai e um filho para permanecerem juntos e sobreviverem ao Holocausto. Uma história real verdadeiramente emocionante.

Viena, anos de 1930. A família Kleinmann vive um dia-a-dia pacato e tranquilo. Gustav trabalha como estofador e Tini trata da casa e dos quatro filhos: Fritz, Edith, Herta e Kurt.
Mas, com a anexação nazi da Áustria, a normalidade da vida dos Kleinmann dissipa-se abrupta e dramaticamente. Os vizinhos viram-se contra eles, o negócio de Gustav é-lhe retirado e a ameaça paira sobre toda a família de forma cada vez mais alarmante.

Gustav e Fritz são dos primeiros judeus austríacos a ser presos. Destino: Buchenwald, na Alemanha. Assim começou uma inimaginável provação - várias vezes espancados, quase mortos à fome e brutalmente forçados a construir o próprio campo de concentração em que estavam detidos. Ao longo dos horrores que testemunharam e do sofrimento por que passaram, uma constante ajudou a mantê-los vivos: o amor entre pai e filho.

Quando Gustav recebeu ordem de transferência para Auschwitz, uma sentença de morte certa, Fritz viu-se perante um dilema: deixar o pai morrer sozinho ou ir com ele... Baseado no diário secreto de Gustav e numa meticulosa pesquisa documental, este livro conta a sua história, e a de Fritz, pela primeira vez - uma história única e absolutamente incrível de coragem, amor e sobrevivência face ao terror sem paralelo que foi o Holocausto.

O Rapaz Que Seguiu o Pai para Auschwitz confronta-nos com o pior e o melhor da humanidade. E com o espantoso poder do afecto e do espírito humano.

 

Acabei de ler este livro. A parte que mais me surpreendeu foi quando, já no fim da guerra, os alemães tentaram incorporar Fritz nas SS.

publicado às 08:19
06/02/19

Tarte de Pêra e Queijo Azul

IMG_20190122_141051_4CS.jpg

Ontem, fiz esta tarte cuja receita tirei da revista do Continente. Como ficou boa partilho-a aqui.

INGREDIENTES

  • uma embalagem de massa quebrada
  • 5 peras
  • sumo de um limão
  • 150 g de queijo gorgonzola
  • 2 ovos
  • 200 ml de natas
  • sal e pimenta q.b.
  • tomilho q.b

PREPARAÇÃO

Forre uma tarteira com a massa quebrada. Corte as peras em fatias finas, sem lhes retirar a casca e regue-as com sumo de limão. Reserve. Corte o queijo gorgonzola em fatias finas. Reserve. Numa taça, bata os ovos com as natas e tempere com sal e pimenta. Deite esta mistura na tarteira e por cima faça camadas alternadas de de pêra e de queijo. Polvilhe tudo com tomilho e leve ao forno, aproximadamente 25 minutos.

IMG_20190122_141401_1CS.jpg

Acompanhei com uma salada e ficou divinal.

publicado às 08:53
05/02/19

Um Recadinho

O prédio onde morei antes não tinha porteira, tinha uma senhora que ia lavar a escada alguns dias por semana. Eu e os meus vizinhos do lado resolvemos chagar a pessoa em questão.

Arranjámos uma porção de revistas velhas que colocámos no chão de um dos elevadores, com um isqueiro por cima e um bilhete, escrito à máquina,  a dizer :

Dona Lurdes,

A senhora continua sem trabalhar.

Depois fugimos.

Infelizmente, a primeira pessoa a ver aquilo foi o Roberto, o miúdo que era sempre acusado de tudo quanto acontecia. Por isso deitou o bilhete fora.

O meu vizinho ficou danado.

IMG_20190127_153952_2CS.jpg  

publicado às 08:16

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.