Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Nota Dissonante

Se a vida te der limões faz uma limonada.

Nota Dissonante

Se a vida te der limões faz uma limonada.

22/04/19

O Dia em que Cheguei Atrasada às Aulas

Há sempre uma primeira vez para tudo. Hoje, vou contar sobre a primeira vez que cheguei atrasada às aulas.

Estava no 8.º ano e a minha turma não teve uma aula qualquer, por isso, a minha amiga lembrou-se de irmos a casa dela. Manifestei o meu receio porque ela morava longe e era preciso apanhar uma camioneta, mas ela garantiu-me que não nos atrasavamos, por isso, lá fomos.

Ela passou o tempo todo a mostrar-me alguns objetos que tinha em casa, enfim, nada de interessante. Quando vi que se aproximava da hora da aula começar avisei-a e ela :

- Temos tempo.

Às tantas lá a convenci a irmos e a camioneta nunca mais aparecia. Claro que chegámos atrasadas à aula de Geografia.

No fim da aula seguinte, uma auxiliar de ação educativa veio dizer que os alunos que tinham faltado, ou chegado atrasados, à aula de Geografia tinham que ir ao Conselho Diretivo. Por entre as crianças ouviu-se o rumor que algumas tinham andado a beber.

Fomos as primeiras a falar. Agora que tenho experiência de vida percebo que os outros, como tinham culpa, deixaram-se ficar para trás.

Explicámos que tínhamos ido a casa dela e que nos atrasámos. Como a nossa história era credível, não estavamos bêbedas e porque, pelo que percebi, só rapazes é que tinham andado a beber, não nos incomodaram mais.

No entanto, como desconfiaram seriamente de alguns miúdos chamaram os pais deles.

A mãe de um dos miúdos foi lá à escola e, como conhecia outras crianças da turma parou para falar com elas e disse :

- Eu sei que o R. não bebe nem fuma.

Ouviram-se risinhos e exclamações.

Isto passou-se em 1988 e até fico surpreendida como a escola se preocupou com o assunto, e que raio de momento eu escolhi para chegar atrasada às aulas !

IMG_20190406_163923_1CS.jpg

publicado às 08:51
17/04/19

Pervitin

Pervitin.jpg

Durante a Segunda Guerra Mundial, os soldados alemães tomavam Pervitin, ou por outras palavras, metanfetaminas que são drogas estimulantes do sistema nervoso central.

Acredita-se que, entre 1939 e 1945, os soldados alemães tenham consumido 200 milhões destes comprimidos  que os deixavam com mais energia, mais concentrados, sem fome, sem  sede, sem sono e com maior capacidade de resistir à dor.

No fim, nem o Pervitin lhes valeu.

publicado às 08:14
16/04/19

Consequências

Ao domingo à tarde, costumava ir a casa do meu vizinho para brincarmos.

Certa vez, no entanto, a atenção do meu vizinho foi distraída por uma caixa de ferramentas que o pai tinha deixado na marquise. Então não é que ele resolveu usar as ferramentas e começou a destruir uma estante ?

O irmão imitou-o. Um serrava ,o outro tirava os pregos com a chave de fendas...

Aos 12 anos eu sabia que não era boa ideia destruir a mobília, por isso disse-lhe :

- Ó João, tu não tens noção das consequências !

- Claro que tenho noção das consequências. - Respondeu-me com toda a calma enquanto continuava a dar uso às ferramentas.

Como é óbvio, o pai foi ver o que se passava e ficou furioso. Para o pai a culpa era sempre do mais velho, e dessa vez até tinha razão. Acho que só não lhe bateu porque eu estava ali.

O pai arrumou a caixa de ferramentas e mandou-me embora. Sim, claro, eu era a causadora de tudo...

IMG_20190406_163630_1CS.jpg

publicado às 08:57
12/04/19

Crianças da Cidade

Contaram-me que um primo meu, certa vez que foi passear ao campo, viu um terreno com alfaces e perguntou :

- Quem é que foi ali pô-las ?

Ele devia pensar que as alfaces vinham do supermercado.

Eu não caía em erros tão óbvios porque fui muitas vezes passear ao campo com a minha família, no entanto, por volta dos 6/7 anos estava convencida que os coelhos nasciam de ovos. Creio que tinha a ver com o Coelhinho da Páscoa e os ovos de chocolate.

IMG_20190403_172346_1CS.jpg

publicado às 09:23
11/04/19

Uma Patifaria no Supermercado

Ontem, fui fazer as compras do mês, aquelas em que trago coisas pesadas tipo garrafões de água e pacotes de leite. Como não tenho carro, pago para o Continente as vir trazer a minha casa.

Na fila, que era a única que se destinava a entregas ao domicílio, à minha frente estava um homem com uns 15 artigos, e a seguir a ele uma mulher nas mesmas circunstâncias. Nitidamente, não estavam para entrega ao domicílio, nem um nem outro. Será que não sabem ler o que está escrito por cima da caixa !?

Além de ser desagrádavel estar em pé à espera porque nem sequer posso mudar de caixa, a minha comida congelada estava a descongelar.

Não refilei, mas peguei num pacote de pastilhas elásticas e meti-o no meio das compras da mulher que, para além de ter ido para a caixa errada, ainda era daquelas clientes que aproveita para se pôr na palheta com a rapariga da caixa.

Gostava de ter visto a reação dela quando chegou a casa e viu que tinha pago umas pastilhas elásticas.

IMG_20180912_152202_1CS.jpg 

publicado às 08:28

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.