Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nota Dissonante

Se a vida te der limões faz uma limonada.

Nota Dissonante

Se a vida te der limões faz uma limonada.

07/11/16

5.ª Sessão de Quimioterapia

O dia começou um pouco mal porque quando estávamos já dentro do metro aquilo abriu a porta três vezes e, por fim, disseram que estava avariado e que toda a gente tinha que sair. Ok, metemo-nos num táxi porque me tinham dito para estar lá antes das 9 horas.

Cheguei e uns 5 minutos depois estavam a chamar-me, mas apenas para me dizerem que voltasse às 11h30. Eu adivinhei logo que não me iam chamar a essa hora e acertei. Já eram umas 14 e tal quando finalmente me chamaram para o tratamento.

Mais do mesmo...eu e o meu medo de agulhas e veias . A enfermeira picou-me em dois sítios mas diz que as veias rebentaram por eu estar nervosa. Depois, deram-me um medicamento para acalmar, deixaram-no dar efeito, deram-me algo quente para colocar na mão para dilatar as veias e outra enfermeira picou-me de novo. Desta vez resultou.

Durante umas três horas senti uma impressão estranha na mão, como se os produtos tivessem frios e, de facto, a mão estava gelada.

Percebi que as outras pessoas também estiveram muito tempo à espera, mas a nível de tratamento estiveram menos tempo. São nitidamente pessoas mais velhas que eu. Os velhotes perto de mim estavam a falar sobre os netos. Isto não me devia ter acontecido nesta idade, mas enfim...

A tortura só acabou quase às 20h30.

publicado às 20:46

11 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.